A prece é um ato de adoração. Fazer preces a Deus  é pensar nele, aproximar-se dele, pôr-se em comunicação com ele. Pela prece podemos fazer três coisas: louvar, pedir e agradecer.

Louvar é enaltecer os desígnios de Deus sobre todas as coisas, aceitando-o como Ser Supremo, causa primária de tudo o que existe, bendizendo-lhe o nome.

Pedir é recorrer ao Pai Todo-Poderoso em busca de luz, equilíbrio, forças, paciência, discernimento e coragem para lutar contra as forças do mal; enfim,tudo, desde que não se contrarie a lei de amor que rege e sustenta  a Harmonia Universal.

Agradecer é reconhecer as inúmeras bênçãos  recebidas, ainda que em diferentes graus de entendimento e aceitação: a alegria, a fé, a bênção do trabalho, a oportunidade de servir, a esperança, a família, os amigos, a dádiva da vida.O essencial não é orar muito, mas orar bem. Algumas pessoas julgam que todo o mérito está na extensão da prece e fecham, os olhos para os seus próprios defeitos. A prece é para elas uma ocupação, um emprego do tempo, mas não um estudo de si mesmas. Não é o remédio que é ineficaz, neste caso, mas a maneira de aplicá-lo.A prece torna o homem melhor, porque aquele que faz preces com fervor e confiança se torna mais forte contra as tentações do mal, e Deus lhe envia bons Espíritos para o assistir. É um socorro jamais recusado, quando o pedimos com sinceridade.A prece é sempre agradável a Deus quando ditada pelo coração, porque a intenção é tudo para ele. A prece do coração é preferível à que podes ler, por mais bela que seja, se a leres mais com os lábios do que com o pensamento. A prece é agradável a Deus quando é proferida com fé, com fervor e sinceridade. Não creias, pois, que Deus seja tocado pelo homem vão, orgulhoso e egoísta, a menos que a sua prece represente um ato de sincero arrependimento e de verdadeira humildade.  As  preces devem ser feitas diretamente ao Criador, mas também pode ser-lhe endereçada por intermédio dos bons Espíritos, que são os Seus mensageiros e executores da sua vontade. Quando se ora a outros seres além de Deus, é simplesmente .como .a .intermediários .ou intercessores, pois nada se pode obter.sem.a.vontade.de.Deus. 

Fonte: Livro dos Espíritos-Allan Kardec

Clique e Leia o livro: A Prece

 A Prece-Allan Kardec

 

© 2010 - Todos os direitos reservados - USE-União das Sociedades Espíritas de Tupã-SP

Rua  Potiguaras, 600 - Centro - Tupã-SP